(11) 96403-7620 (11) 4622-2996 (11) 94779-0308 (11) 99577-5012
Clínica para desintoxicar e tratar das drogas e álcool

Clínica para desintoxicar e tratar das drogas e álcool


A internação para tratamento da dependência química deve ser feita preferencialmente a partir de uma reflexão prévia que demande uma ida voluntária para a reabilitação.  Mas como decidir qual clínica é a melhor? Neste post vamos dar algumas dicas sobre por onde começar esta pesquisa.

 

Clínica gratuita ou privada?

O primeiro passo é pensar sobre a responsabilidade financeira da internação. Infelizmente, no Brasil, há poucas clinicas de recuperação financiadas pelo SUS, fazendo com que a rede privada seja responsável pelo atendimento de mais de 95% dos casos. Por isso, esperar por uma vaga no sistema público pode levar anos e ser tarde demais.

Se a família não possui recursos para bancar o tratamento, ela pode recorrer à justiça, solicitando que o Estado financie a internação em uma clínica privada.

 

O tratamento adequado

O segundo ponto a ser pesquisado é o tipo de tratamento buscado para o usuário. Procure informações sobre:

 

  • Tipo de dependência química tratada: o vício em álcool, por exemplo, pode demandar um tratamento diferente do vício em cocaína.
  • Sexo dos pacientes: se há unidades apenas para homens ou mulheres ou se são mistas.
  • Faixa etária: se jovens e idosos são internados em um mesmo espaço ou não.
  • Abordagem: informações sobre técnicas e métodos utilizados no tratamento.

 

Considerando estes aspectos, é possível saber se a clínica é confiável e se o atendimento é direcionado para as necessidades do paciente.

Cada uma das clínicas de recuperação do Grupo Aguiar, por exemplo, possui um foco especial de tratamento, o que potencializa os seus resultados. Temos espaços somente para pessoas mais velhas, menores de idade e mulheres.

 

Equipe profissional

O diferencial de um tratamento também está relacionado aos profissionais que fazem parte desse processo. Fique atento para a presença de:

 

  • Médicos: é essencial o acompanhamento de um psiquiatra e de um clínico geral para o atendimento de outras doenças.
  • Psicólogo: outro profissional essencial, responsável por ajudar na estabilização emocional dos pacientes.
  • Terapeutas: ajudam o paciente a, aos poucos, retomar atividades cotidianas como estudar ou procurar um novo emprego
  • Professores: a educação também faz parte da reabilitação. Educação Física e Artes principalmente.
  • Nutricionista e cozinheira: o cuidado com a alimentação também faz parte do processo. Uma dieta balanceada influencia a sensação de prazer e bem-estar do paciente.

 

Instalações

A clínica de recuperação será a morada do interno por algum tempo e deve oferecer o conforto necessário para que ele se sinta bem. Observe se há fotos do espaço no site e, se possível, verifique a possibilidade de agendar uma visita presencial ao lugar.

 

Reputação

Por fim, também é importante verificar comentários e avaliações deixados por outros consumidores na internet e, se tiver a possibilidade, conversar pessoalmente com pessoas que já utilizaram os serviços. Cheque as redes sociais e a página no Google da clínica. Também visite sites de reclamações.

 

Não pense duas vezes antes de ter o melhor o tratamento. Entre em contato com o Grupo Aguiar e conheça nossas condições.


Blog

Quais as consequências da dependência química

Quais as consequências da dependência química

A dependência química gera problemas para o individuo que não consegue parar de consumir substâncias que fazem mal ao organismo

Alcoólatras: Tipos de tratamentos e clínicas de recuperação

Alcoólatras: Tipos de tratamentos e clínicas de recuperação

O alcoolismo é um problema grave que preocupa a saúde publica, pois o vicio em álcool é uma doença séria, e não deve ser rotulado como um probl

Dependência química: tipos, sintomas e melhores tratamentos

Dependência química: tipos, sintomas e melhores tratamentos

A pessoa que sofre de dependência química tem uma necessidade incontrolável de usar um tipo de substancia, utilizando de forma compulsiva, e acaba

Internação involuntária para o tratamento do crack

Internação involuntária para o tratamento do crack

O vicio no crack é um dos mais preocupantes, pois compromete o ato de comer, beber e dormir. Mesmo no início do uso, as alterações físicas e comp