(11) 96403-7620 (11) 4622-2996 (11) 94779-0308 (11) 99577-5012
Apoio a Família do Dependente Químico

Apoio a Família do Dependente Químico


O impacto que a família sofre com o uso de drogas por um de seus membros é correspondente as reações que vão ocorrendo com o sujeito que a utiliza. Por isso, faz-se fundamental tratar não somente o dependente, mas também a sua família.
A família é essencial para fazer com que o dependente químico não se sinta sozinho em um momento não perturbador. Por meio desse apoio, é que o paciente terá o incentivo para seguir em frente e não se entregue de vez ao vicio, e pedir ajuda, mesmo quando estiver pensando em desistir.

Existe uma tendência dos familiares de se sentirem culpados e envergonhados por estarem nesta situação. Muitas vezes, devido a estes sentimentos, a família demora muito tempo para admitir o problema e procurar ajuda externa e profissional, o que corrobora para agravar o desfecho do caso.
A família deve estar preparada para agir corretamente nas situações conflitantes, evitando comentários críticos ao paciente ou agir de maneira superprotetora, pois essas ações geralmente desencadeiam as indesejadas recaídas.

Independente do motivo que levou o dependente a essa situação, a família jamais deve se envergonhar ou fazer julgamentos, e muito menos fingir que o problema não existe. Quanto mais rápida for a busca pelo tratamento conscientizado, melhor será o acompanhamento, e menos as chances de uma recaída.

Se houver possibilidade de uma internação voluntaria melhor, mas se não houver, e a família optar por uma internação involuntária, o dependente precisará ainda mais do apoio da família no tratamento, pois a primeiro momento pensará que estão todos contra ele, ou estão querendo prejudicá-lo.

É através do atendimento familiar do Grupo Aguiar, que os membros passam a receber atenção não só para suas angústias, como também começam a receber informações fundamentais para a melhor compreensão do quadro de dependência química, e consequentemente melhora no relacionamento familiar. Uma avaliação familiar pode ser um grande auxiliar no planejamento do tratamento; fornece dados que corroboram com o diagnóstico do dependente químico, bem como funciona como forte indicador do tipo de intervenção mais adequado tanto à família quanto ao dependente. A família tem um papel tão importante no processo de recuperação do dependente tanto quanto a instituição e seus métodos, pois a família acaba sendo um suporte para o paciente, sendo que se ele se sentir sozinho, o tratamento de reabilitação acaba sendo um fracasso, com recaídas e desistência do tratamento. A família nesse caso é um ponto de equilíbrio e sustentação para o paciente.

Mas afinal, como o grupo de apoio pode ajudar a família?
Listamos algumas das maneiras pelas quais o Grupo Aguiar pode ajudar as famílias dos pacientes:

 - Ajuda a lidar com a culpa: é fácil os membros da família se sentirem culpados pela situação, por isso é necessário participarem de grupos de terapia, aconselhamento e apoio, para que a família lide com essas emoções e sigam adiante com a vida, apoiando o membro dependente para sair dessa situação

 - Ajuda na cura do relacionamento: alguns membros da família, se vendo em uma situação totalmente nova e perturbadora, podem contribuir involuntariamente para o vicio do usuário. O grupo de apoio ajuda os membros da família a resolver esses problemas, fazendo com que a família permaneça saudável para proporcionar um ambiente saudável ao paciente também.

 - Ajuda no fornecimento de suporte: o dependente não pode se sentir sozinho, pois senão não terá forças para enfrentar o tratamento. Os grupos de apoio reúnem varias famílias que estão passando por esse problema, para que ouçam as historias umas das outras e aprendam com as experiências de outras pessoas, e principalmente saibam que não estão sozinhas .

Muitos fatores de diversas etiologias contribuem para o desenvolvimento da dependência química, no entanto, a organização familiar mantém uma posição de saliência no desenvolvimento e prognóstico do quadro de dependência química. Neste sentido, a abordagem familiar deve ser considerada como parte integrante do tratamento e um programa bem-sucedido é essencial para um desfecho favorável. Daí a necessidade de se especificar o tipo de intervenção de acordo com a meta do tratamento e as necessidades e capacidades da família, evitando adiantar-se a prontidão e motivação da mesma para a mudança.
Durante o período de tratamento, a família deve ter o devido acompanhamento psicológico para enfrentar o problema junto com o dependente. O Grupo Aguiar ajuda a família na dificuldade de vivenciar essa situação tão devastadora, e paralelo a isso, alerta sobre a importância da busca de mecanismos de ajuda adequados. A equipe conta com profissionais especializados, equipes multidisciplinares e grupos de apoio que vão orientar e preparar o paciente para conviver adequadamente com a doença.


Blog

Quais as consequências da dependência química

Quais as consequências da dependência química

A dependência química gera problemas para o individuo que não consegue parar de consumir substâncias que fazem mal ao organismo

Alcoólatras: Tipos de tratamentos e clínicas de recuperação

Alcoólatras: Tipos de tratamentos e clínicas de recuperação

O alcoolismo é um problema grave que preocupa a saúde publica, pois o vicio em álcool é uma doença séria, e não deve ser rotulado como um probl

Dependência química: tipos, sintomas e melhores tratamentos

Dependência química: tipos, sintomas e melhores tratamentos

A pessoa que sofre de dependência química tem uma necessidade incontrolável de usar um tipo de substancia, utilizando de forma compulsiva, e acaba

Internação involuntária para o tratamento do crack

Internação involuntária para o tratamento do crack

O vicio no crack é um dos mais preocupantes, pois compromete o ato de comer, beber e dormir. Mesmo no início do uso, as alterações físicas e comp